Parceiros

Bandes

www.bandes.com.br

 

Os associados CDL Linhares agora têm um novo aliado: O Programa de Fortalecimento da Economia do Interior do Espírito Santo – PROFORT-ES.

São três linhas de Crédito para investir em Micro e Pequenas empresas, Médias empresas e no desenvolvimento sustentável da região.

O objetivo do PROFORT-ES, é promover e descentralizar o desenvolvimento econômico do Espírito Santo e estimular o potencial de áreas de menor dinamismo, por meio da ampliação de crédito aos empreendedores localizados nas regiões interioranas.
Profort Micro e Pequena Empresa

• Beneficiários:
Profissionais liberais, cooperativas de produção e serviços e pessoas jurídicas que atuem no setor industrial, comercial e de serviços (inclusive turismo), que tenham usufruído, no ultimo ano calendário, faturamento que não ultrapasse R$2.400.000,00.

• Itens financiáveis:
Máquinas, equipamentos, obras e serviços, aquisição de veículos, consultoria técnica gerencial, treinamentos de RH, aquisição de tecnologia, despesas com regularização, formalização da empresa e capital de giro associado ou exclusivo*.

• Condições Operacionais:

Valor Máximo Financiável Prazo Taxa de Juros R$ 50.000,00 Até 60 meses (parcelas fixas) 10% ao ano

- Bônus de Adimplência: Será concedida durante a vigência do financiamento, desconto de 1% (um por cento) sobre a taxa de juros, para clientes que efetuarem seus pagamentos em dia;
- Valores de financiamento superiores a R$ 50.000,00 sob consulta.


A CDL disponibiliza em sua sede, um ponto de apoio e atendimento do BANDES, com um Consultor Credenciado, o Sr. César Thadeu Guimarães (cel.: 27 8141-6292), atendendo em horário comercial, todas as quartas-feiras.

Agende um atendimento com o profissional do BANDES pelo tel.: 27 27 3264-5060 (Recepção CDL).

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial


27 3264-5050


comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

COPS

A Cops é uma clínica que oferece atendimento especializado em todas as áreas da odontologia, buscando sempre o melhor para seus pacientes. A clínica fica localizada na Rua João Francisco Calmon, no centro da cidade.

 

“Associado CDL aproveite essa parceria e tenha benefícios nos procedimentos odontológicos, confira abaixo os profissionais que concedem esse benefício”.

 

Dr. Leandro Peres Sales

CRO-ES-CD-2777

Especialista em Prótese Dentária e Implantodontia.

 

Dra. Cristiane Maria Peres Sales

CRO-ES-CD-3558

Especialista Endodontia.  


Dra. Emanuele Cristina Polese

CRO-ES 3875

Especialista em Prótese Dentária, Reabilitação Oral,

Estética e Prótese sobre implante

 

Áreas de Atuação:

Clinica Geral e Especializada, Clareamento Dentário, Prótese, Estética, Prevenção, Endodontia, Cirurgias, Ortodontia e Prótese sobre Implante.

 

Agende sua consulta: Tel. 3371-3398 

Mais detalhes

Clínica Reabilitar

Descontos especiais para associados nos seguintes serviços:
Hidroginástica: 20%
Acupuntura: 20%
Fisioterapia: 15%

Mais informações:


Clínica de Fisioterapia Reabilitar.
Endereço: Av. Celeste Faé, 122, Bairro Conceição (Ao lado da Pizzaria Casa Nostra).
Horário de Atendimento: De segunda a sexta, das 7h às 12h e de 13h às 20h15.
Tel.: (027) 3371-6738.

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial

 
27 3264-5050

 
comercial@cdlvirtual.com.br

Mais detalhes

CMTL - Clínica de Medicina do Trabalho de Linhares

Centro de Medicina do Trabalho de Linhares

Condições especiais para os associados CDL no Atestado de Saúde Ocupacional (ASO); coordenação de PCMSO; elaboração de PCMSO e PPRA e exames complementares.

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial


27 3264-5050


comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

CNA

O CNA é uma das maiores redes de escolas de idiomas do país, operando no sistema de franchising através de 501 unidades em operações e 200 em implantação. São mais de meio milhão de alunos em todo o território nacional.

 

Com 39 anos de exclusivos, seguindo a metodologia comunicativa, através de qual o aluno  aprende o idioma naturalmente. Experiência em educação, o CNA renovou pela 21ªvez consecutiva seu selo de Excelência em Franchising, concedido pela associação Brasileira de Franchising (ABF).

 

Os materiais didáticos utilizados são exclusivos, seguindo a metodologia comunicativa, através de qual o aluno aprende o idioma naturalmente.

A conveniada se compromete a conceder descontos especiais sobre os valores normalmente cobrados na escola, mediante a apresentação de documento comprobatório de associado (termo de autorização carimbado e assinado pela CDL) e o último contracheque. Os descontos são os seguintes: 


-INGLÊS: 20% de desconto para associados, colaboradores e dependentes;
-ESPANHOL: 20% de desconto para associados, colaboradores e dependentes. 

 

 

 

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial

 
27 3264-5050

 
comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

Colégio Projetar

http://www.ceprojetar.com.br/

 

A CDL firmou convênio com o Centro Educacional Projetar para oferecer descontos no valor das mensalidades de cursos do ensino fundamental (1º ao 9º ano). O benefício é válido aos proprietários e funcionários de empresas filiadas à CDL, e para ter acesso, basta se dirigir ao balcão da CDL e solicitar a declaração de vínculo com a entidade. Confira a tabela:


- 15% de desconto para pagamento das mensalidades no máximo até o 15º dia útil de cada mês.


Obs. Todos os descontos oferecidos, para qualquer modalidade de curso, não serão cumulativos, isto é, não poderão sobrepor a algum tipo de desconto que já beneficie o aluno.

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial

 
27 3264-5050
 
comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

Colégio Cristo Rei

A CDL ampliou sua rede de benefícios aos associados com a formalização de mais um convênio com o colégio Cristo Rei. A parceria contempla descontos especiais para empresários, colaboradores e dependentes de empresários e colaboradores do comércio filiado à entidade. Alunos já matriculados na escola, cobertos pelo benefício, também têm direito aos descontos.

 

Conheça o convênio.

 

Descontos de:

1)    10% no valor do Ensino Fundamental de 1º ao 9º ano;

2)    10% no valor do Ensino Médio de 1º ao 3º ano;

3)    7% no valor dos Cursos Técnicos.

* Os descontos serão aplicados a partir da segunda parcela subsequente à matrícula ou renovação. 

 

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial

 
27 3264-5050
 
comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

Faculdade Pitágoras

http://www.faculdadepitagoras.com.br/Paginas/default.aspx

A CDL se integrou à faculdade Pitágoras de Linhares para oferecer benefícios e descontos em cursos de graduação e pós graduação. Confira os descontos aos associados:

15%: Válido para cursos de graduação;

10%: Válido para cursos de pós-graduação.

 

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial:

 
27 3264-5050

 
comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

Yázigi

http://promocao.yazigi.com.br/

 

 

O compromisso do YÁZIGI é preparar o aluno, para ser um verdadeiro cidadão do mundo. Dominar o idioma Inglês é fundamental. Em algumas regiões do mundo, este conceito vale também para o Espanhol.

Ao ingressar numa Escola YÁZIGI um mundo novo se abre para você: novos amigos, novas oportunidades, novos caminhos. O ensino vai além da sala de aula, transformando seu aprendizado numa agradável, diversificada e positiva experiência.

A conveniada se compromete a conceder descontos especiais sobre os valores normalmente cobrados na escola, na unidade do centro, mediante a apresentação de documento comprobatório de associado (termo de autorização carimbado e assinado pela CDL) e o último contracheque. Os descontos são os seguintes:
-INGLÊS: 20% de desconto para associados, colaboradores e dependentes;
-ESPANHOL: 15% de desconto para associados, colaboradores e dependentes.
O presente instrumento particular de convênio se rescindirá, automaticamente, independente de qualquer notificação judicial ou extrajudicial, quando se for observado o descumprimento de qualquer cláusula e/ou condição estabelecida neste instrumento.   

 

Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial

 
27 3264-5050
 
comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

Sicoob

http://www.sicoob.com.br/site

 

 

A parceria oferece vantagens exclusivas para o lojista associado, e acesso facilitado a vários serviços. Ser associado ao Sicoob é diferente de ser um cliente de banco. Lá você é dono e, por isso, tem muitas vantagens e serviços especiais, com as melhores taxas do mercado. São elas:

- Conta Corrente sem tarifa de manutenção;
- Concessão de conta garantida e cheque especial isenta de tarifas;
- Conta garantida ou cheque especial com taxa de 3,85% a.m;
- Limite de crédito rotativo com garantia real (aplicações financeiras ou imóveis) com taxa entre 1,35% a.m à 1,9% a.m;
- Conta Salário Sicoobcard Salário Fácil – até 10 cartões gratuitos;
- Desconto de recebíveis com taxas entre 1,35% a.m à 2,79% a.m;
- Taxa de aplicação financeira a no mínimo 95% do CDI;
- Financiamento da linha Compremais Sicoob;
- Crédito Consignado em folha de pagamento para funcionários com taxas de 1,35% a.m e 2,39% a.m;
- Domicílio Bancário (Cielo/Redcard)
- Cobrança escritural (boletos) a partir de 1,90 (um real e noventa centavos) por registro;
- Todos os demais produtos e serviços oferecidos pelo Sicoob.

    Maiores informações, entre em contato com nosso Setor Comercial


 
27 3264-5050
 
comercial@cdllinhares.org.br

Mais detalhes

Rodomídia

http://www.rodomidia.com.br/

 

Conheça a empresa que está desde o ano 2000 no mercado de propagandas e publicidades no Norte do Espírito Santo. Sempre com ética, seriedade e profissionalismo a empresa tem como objetivo proporcionar uma exposição diferenciada de produtos ou serviços, favorecendo o fortalecimento da marca e conseqüentemente o sucesso dos seus clientes. 

 

SERVIÇOS BACKBUS E BUSDOOR

Através de painéis fixados na parte traseira do ônibus, conhecidos como Backbus e Busdoor, a RODOMÍDIA oferece aos seus anunciantes um espaço inovador no mercado publicitário e de alta visibilidade.

 

Conheça algumas vantagens de anunciar na RODOMÍDIA:

 

Regionalização: O cliente pode estabelecer os trajetos em que serão veiculados os seus anúncios, o que possibilita o direcionamento dos mesmos ao seu público alvo.

 

Alta Freqüência: Os painéis, afixados aos ônibus, são de grande visibilidade, levando em conta que um coletivo pode percorrer, em média, 16 viagens por dia, no trajeto estabelecido pelo anunciante.

 

Exposição: Além da vantagem de serem painéis móveis, a intensidade do Busdoor e do Backbus é proporcional ao trânsito da região em que serão veiculados, ou seja, quanto maior o congestionamento maior a intensidade da exposição. Como vai o trafego de sua região?

 

Adequação à verba: Esta, sem dúvida, é uma das características mais fortes de nossa mídia, pois o investimento de nosso anunciante é proporcional à área que ele pretende atingir. Ou seja, totalmente flexível.

 

Confiabilidade: A RODOMÍDIA tem o compromisso de manter os seus clientes sempre informados. Após a instalação dos painéis, a empresa fornece o número dos carros em que estão afixados, encaminhando em seguida um “checking” fotográfico ao e-mail do anunciante. Converse com a sua agência e agende um horário para conhecer mais sobre nossos serviços.

 

 

Conheça as vantagens exclusivas para os associados do CDL LINHARES 

CONTATO:

Adm° Renato Campos CRA/ES 6.613

 

SAA ( Serviço de Atendimento ao Anunciante) 027 99939-6668

Mais detalhes

FAZENDINHA FELIZ

O Centro Educacional Fazendinha Feliz – CEFF foi fundado em 29 de setembro de 1992. Inicialmente, as atividades eram voltadas para a Educação Infantil, atendendo crianças na faixa etária de 4 meses a 6 anos, em período integral e parcial. Em 1996, expandiu os serviços, abrindo turmas de Ensino Fundamental.

 

Ao longo de sua história, passou por obras de ampliação, a fim de aprimorar o espaço físico e garantir comodidade aos alunos à medida que novas turmas se constituíam. Atualmente atende crianças da Educação Infantil (a partir dos 10 meses) ao 5º ano do Ensino Fundamental.

 

Associados a CDL Linhares tem desconto variável na mensalidade escolar.

Mais informações: (27) 3371-2265

Mais detalhes

Super Estágios

A Super Estágios opera como agente de integração entre estudantes, empresas e instituições em todo território Nacional.

 

O atendimento é realizado por profissional especializado e exclusivo, com acesso direto via e-mail ou telefone, orientando sobre obrigações técnicas e legais do estágio.

 

Conta com um banco de dados de milhares de currículos cadastrados e, certamente, um deles será o mais indicado para a vaga.

 

A gestão operacional é realizada via portal na internet, permitindo o acesso das partes envolvidas de qualquer lugar que haja conexão com a internet.

 

O lojista entra em contato com a CDL e disponibiliza a vaga. A Super estágio seleciona e encaminha os candidatos com o perfil solicitado.

 

Entre em contato com a CDL Linhares e conheça como utilizar a parceria.

 

www.superestagios.com.br

Mais detalhes
Agenda ver tudo
Últimas Notícias ver tudo

09/06/2017 - Refis 2017: contribuinte já pode quitar débitos com IPTU e ISSQN

O projeto que institui o Refis 2017 foi aprovado pela Câmara Municipal e contribuintes devem procurar a Prefeitura de segunda a sexta, das 12 às 18 horas.

 

NOVA SEDE DA PREFEITURA Já está valendo, para o contribuinte de Linhares, o Programa Incentivado de Pagamento em Parcela Única e Parcelado, o Refis Linhares 2017. O projeto de autoria do prefeito Guerino Zanon, foi enviado à Câmara Municipal de Linhares e aprovado por unanimidade pelos vereadores. A iniciativa oferece uma nova chance para os contribuintes do município de quitarem seus débitos com Impostos Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) e Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). A expectativa do Município é de arrecadar R$ 10 milhões.

 

 

"O Refis é uma iniciativa que vai ajudar nossos empreendedores que poderão regularizar suas atividades. Vai permitir que muitos moradores e comerciantes que estão em débito com o setor público possam quitar e seguir em frente, investindo mais e incrementando seus negócios, gerando, inclusive, mais trabalho e renda", destacou o prefeito Guerino Zanon. Os interessados em quitar os débitos deverão procurar o Departamento de Arrecadação Tributária, localizado na sede da Prefeitura de Linhares, na Avenida Augusto Pestana, de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas. O telefone de informações é o 27 3372 6822.

 

 

O Refis 2017 prevê a negociação de débitos em até 6 (seis) parcelas mensais e consecutivas, desde que a parcela mínima mensal seja no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) para pessoa física e R$ 200,00 (duzentos reais) para pessoa jurídica. Em parcela única, com redução de 100% (cem por cento) sobre os valores dos juros e multa moratória. "O Refis tem como objetivos facilitar a quitação para quem tem dívida de tributos com o município e proporcionar condições para reduzir o passivo tributário que se formou ao longo dos anos" destaca o secretário municipal de Finanças, Bruno Margotto Marianelli.

 

 Fonte: http://www.linhares.es.gov.br/

 

Baixe na integra: http://www.linhares.es.gov.br/Noticias/Noticias.aspx?id=6816

06/06/2017 - Compras para o Dia dos Namorados devem injetar 11,5 bilhões na economia, mostram SPC Brasil e CNDL

92 milhões de brasileiros devem ir às compras. Apenas 9% pretendem gastar mais com presentes do que em 2016. Pagamento à vista é escolha de 69% dos consumidores

 

Última data comemorativa do primeiro semestre, o Dia dos Namorados de 2017 deve levar 61% dos brasileiros às compras no período. A partir de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em toda as capitais, estima-se que aproximadamente 92 milhões de brasileiros devem presentar alguém neste 12 de Junho, o que deve injetar cerca de 11,5 bilhões de reais na economia.

 

Ainda que o número de pessoas interessadas em presentear alguém seja alto, a maior parte dos compradores não deve aumentar os gastos na comparação com o ano passado. Apenas 9% desses consumidores disseram que têm a intenção de gastar mais com os presentes. A maior parte (32%) planeja gastar a mesma quantia que em 2016, enquanto 24% pensam em diminuir. Os consumidores indecisos somam 16%.

 

A principal justificativa para 44% dos entrevistados que vão gastar menos no Dia dos Namorados é uma situação financeira ruim, com orçamento apertado (44%). Em seguida, 37% pretendem economizar, 25% devido ao aumento da inflação e da economia instável e 18% por causa de dívidas em atraso. Dentre a minoria, que pretende aumentar os gastos com presentes, o desejo de comprar um produto melhor (56%) e o encarecimento dos presentes (40%) são os mais mencionados. Apenas 8% disseram que vão gastar mais porque tiveram melhoria na renda.

 

Gasto médio com presentes deve ser de R$ 124 e 69% vão pagar à vista

 

O pagamento a vista será o meio mais utilizado pelos consumidores, citado por 69% da amostra, sendo que em 56% dos casos o pagamento será em dinheiro e em 13%, no cartão de débito. O cartão de crédito será usado por 24% dos entrevistados, seja em parcela única (9%) ou em várias parcelas (15%). Entre os que dividirão as compras, seja no cartão de crédito ou de loja, a média é de três prestações por entrevistado.

 

“Em um momento em que as pessoas estão inseguras em seus empregos, comprar o presente à vista é uma boa alternativa para fugir do endividamento. O ideal é não abusar dos parcelamentos para evitar o comprometimento da renda com prestações”, analisa a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

 

Considerando a soma de todos os presentes adquiridos, o gasto médio deve girar em torno de R$ 124. Este valor aumenta para R$ 158 entre os entrevistados das classes A e B e diminui para R$ 114 entre os respondentes das classes C, D e E. Vale destacar que metade dos entrevistados (50%) ainda não sabe ou não decidiu o quanto vai gastar com o mimo da pessoa amada.

 

De acordo com o levantamento, a maioria (87%) dos consumidores deve comprar apenas um único presente. Metade dos consumidores ouvidos pela pesquisa (50%) acredita que os produtos este ano estão mais caros do que em 2016, sendo a crise econômica o principal motivo para a elevação dos preços (73%), seguido do fato de o Dia dos Namorados ser uma data comemorativa, o que consequentemente aumentaria o preço dos presentes (18%). Por outro lado, 28% consideram que os presentes estão na mesma faixa de preço e somente 5% acreditam que os produtos estão mais baratos.

 

8% vão deixar de pagar alguma conta para poderem presentear

 

Quando perguntados se iriam gastar mais do que podem, 17% dos entrevistados admitem que costumam extrapolar o orçamento na hora das compras de Dia dos Namorados. As justificativas mais frequentes foram o merecimento da pessoa (24%), a vontade de agradar o parceiro, não importando o tamanho do gasto (22%) e a vontade de agradar o parceiro, não importando se o entrevistado teria que fazer dívidas (18%).

 

A pesquisa sinaliza que muitos dos consumidores que vão presentear estão com problemas financeiros: quase três em cada dez (26%) consumidores que pretendem comprar presentes têm contas em atraso atualmente e 22% estão com o nome sujo. Além disto, 8% afirmam que deixarão de pagar alguma conta para poderem presentear. Por outro lado, 78% dos entrevistados declararam que não têm o hábito de passar do limite e estourar o próprio orçamento com a data.

Mais da metade dos consumidores (68%) afirmam ter a intenção de fazer pesquisa de preço antes de comprar presentes, principalmente as mulheres (75%). “Vale reforçar a importância deste comportamento responsável, tendo em vista que a inadimplência é prejudicial tanto para o consumidor, que tem seu acesso ao crédito limitado; quanto para o lojista, que deixa de receber por uma venda já concretizada. Sobretudo em momentos de recessão, o consumidor deve respeitar o tamanho do próprio bolso, fazendo pesquisas de preço e pagando as compras de preferência à vista”, afirma Kawauti.

 

Roupas, perfumes e calçados lideram a preferência de compra.

 

Os presentes mais procurados por quem vai presentear serão as roupas (30%), perfumes, cosméticos e maquiagem (18%), calçados (11%), acessórios como cinto, óculos e bolsas (9%), flores (7%), bombons e chocolates (5%), jantares (4%) e celulares e smartphones (3%).

 

O estudo buscou identificar não apenas os presentes mais procurados por quem vai presentear como detectar também os presentes que o consumidor mais gostaria de receber no Dia dos Namorados. A ordem é a mesma: roupas (23%), perfumes (15%), calçados (10%) e acessórios (9%), que também lideraram o ranking da relação de presentes mais desejados.

 

Quanto aos locais de compras, os shoppings centers são os destaques, com preferência de quase um terço (32%) dos entrevistados. As lojas de rua (22%), shopping populares (10%), lojas de departamento (7%) e lojas online pela internet (4%) completam a lista. Para escolher o local, os fatores mais decisivos são o preço (56%), a qualidade dos produtos ofertados (37%) e as promoções e descontos (32%). Cerca de 36% pretendem fazer as compras de última hora, apenas nas vésperas do Dia dos Namorados.

 

 

A maior parte dos entrevistados (37%) pretende comemorar a data em sua própria casa. A comemoração em restaurantes foi a opção escolhida por 22% dos entrevistados e 8% vão optar pela casa do namorado(a). Dois em cada dez entrevistados (19%) ainda não sabem ou não decidiram onde vão celebrar a data.

 

Baixe na integra: https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas/pesquisa/3027 

06/04/2017 - Venda de carros e veículos leves cresce 38,86% em Março

Dados divulgados pela Fenabrave mostram que houve uma alta nas vendas de 6,11% em relação ao mesmo período do ano passado

 

Com a melhora no ambiente econômico, o setor de automóveis voltou a crescer. Em março, os emplacamentos de carros e veículos comerciais leves cresceram 38,86% em comparação com o mês anterior.

 

Os dados, divulgados nesta terça-feira (04) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), mostram que houve uma alta nas vendas de 6,11% em relação a março de 2016.

 

Apenas no mês passado, foram vendidos 282.631. Desse total, 183.850 eram automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. No total, houve um aumento de 37,91% na venda de automóveis de todos os tipos neste mês.

 

 

Diante das reformas econômicas, que ajudam a criar mais empregos e renda, o setor começa a esboçar reação diante da recente queda na atividade. No acumulado do ano, as vendas de carros e veículos leves tiveram um leve recuo de 1,12% em relação aos dois primeiros meses de 2016.

 

Fonte: http://www.brasil.gov.br 

 

Baixa na integra: http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2017/04/venda-de-carros-e-veiculos-leves-cresce-38-86-em-marco

 

 

 

 

 

23/02/2017 - Novo indicador de reserva financeira mostra que 62% dos brasileiros não guardam dinheiro

Entre os poupadores, média reservada foi de R$ 481. Maior parte busca proteger-se contra doenças e desemprego. Poupança é o principal destino da reserva, mas 20% ainda guardam dinheiro em casa.

 

Em tempos de discussão sobre a reforma das regras de aposentadoria, falar sobre a formação de reservas financeiras torna-se ainda mais urgente. Assim, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) passam a divulgar, mensalmente, os resultados do Indicador de Reserva Financeira. O índice reunirá dados sobre a quantidade de brasileiros que conseguiram guardar ao menos parte dos seus rendimentos e acompanhará a evolução deste hábito. Em janeiro, 62% dos consumidores afirmam não guardar dinheiro e nem possuir uma reserva. Já cerca de 29% guardam apenas o que sobra do orçamento e apenas 7% reservam um valor fixo mês a mês – somando-se os dois percentuais, 36% têm o costume de guardar alguma quantia.

 

 

O indicador mostra que há diferenças entre classes sociais, como esperado: nas classes A e B, os poupadores habituais, independentemente de o valor ser fixo ou não, somaram 58% dos entrevistados; já nas classes C, D e E somaram 30%. Segundo o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro, o brasileiro não tem o hábito de poupar e, quando poupa, na maioria das vezes a poupança é o que sobra do orçamento, e não algo planejado. “A formação de uma reserva de dinheiro é um tópico fundamental para o equilíbrio das finanças pessoais, mas tende a ser negligenciada por boa parte dos consumidores. A consequência disso é que, se deparados com um acontecimento imprevisto, muitos acabam inadimplentes”, afirma Pellizzaro.

 

46% precisaram usar sua reserva financeira em dezembro

 

Os entrevistados também foram questionados sobre a poupança que fizeram no mês anterior à pesquisa. O indicador mostra que, em dezembro, expressivos 75% não conseguiram reservar nada de sua renda, contra 23% que conseguiram. A diferença entre as classes também aparece aqui: nas classes A e B, o percentual de poupadores foi de 36%, enquanto nas classes C, D e E foi de 19%. Entre os poupadores, guardou-se, em média, a quantia de R$ 480,85 no mês.

 

“É notável que a maioria dos brasileiros não reservou parte de seu dinheiro em dezembro, inclusive quem pertence a classes de alta renda. A crise econômica certamente tem seu papel no resultado da baixa poupança. Com o crescimento do desemprego, o orçamento familiar tornou-se mais apertado e, em alguns casos, insuficiente até para honrar compromissos já assumidos”, explica Pellizzaro. “Também pesa o fato de a renda média do brasileiro que mantiveram seus empregos ainda ser baixa, independentemente da crise.”

 

Segundo o presidente, as menções ao pagamento de contas são claro sintoma do aperto orçamentário das famílias. De acordo com os dados, mesmo entre os poupadores habituais, 46% precisaram dispor de sua reserva financeira em dezembro. Os principais motivos foram o pagamento de dívidas (13%), despesas extras (11%), de contas da casa (12%), imprevistos (4%) e também o consumo (8%).

 

O levantamento ainda mostra que a maior parte dos poupadores busca, ao fazer uma reserva, proteger-se contra imprevistos como doenças, morte de entes (43%) ou mesmo o desemprego (31%). Há também 27% que poupam pensando em garantir um futuro melhor para a família e 24% que poupam com vistas à realização de um sonho de consumo – 23% citam os planos de viajar e 18% mencionam a compra ou quitação da casa.

 

 

A reserva financeira com foco na aposentadoria foi citada apenas por 17% dos entrevistados. “É um percentual bastante baixo, já que estamos considerando apenas a realidade dos poupadores”, indica a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti. “A longo prazo, a falta de preparo cobra seu preço. Sem constituir uma reserva ao longo da vida, muitos idosos são obrigados a rever seu padrão de consumo ou acabam na dependência de terceiros. Em tempos de discussão sobre a reforma das regras de aposentadoria, o tema torna-se ainda mais urgente.”

 

Poupança é o principal destino da reserva, mas 20% ainda guardam dinheiro em casa

 

O indicador revela que o principal destino do dinheiro reservado ainda é a caderneta de poupança, citada por 62% dos entrevistados que fazem reserva. Também chama a atenção o fato de que 20% dos poupadores guardam dinheiro em casa. Os fundos de investimento foram mencionados por 10% e a Previdência Privada por 6%. A lista segue com outras opções de investimento em renda fixa e com a Bolsa de Valores, mas todos citados por menos de 5% desses entrevistados.

 

 

“Como se nota, a carteira de investimento do poupador brasileiro é bastante conservadora. Cultivar o hábito de reservar dinheiro é um passo importante, mas o consumidor deve considerar o retorno financeiro”, aconselha Kawauti. “Se o investidor opta por uma aplicação de menor rendimento quando há outros que oferecem retornos maiores, é como se ele estivesse perdendo dinheiro. Nos últimos anos, quem optou pela poupança, teve parte de seu dinheiro corroído pela inflação ou, no máximo, alcançou um rendimento real muito baixo”, segundo a economista. “No caso de quem manteve o dinheiro em casa, as perdas foram ainda maiores”, conclui.

 

Metodologia

 

A pesquisa abrangeu 12 capitais das cinco regiões brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Goiânia, Manaus e Belém. Juntas, essas cidades somam aproximadamente 80% da população residente nas capitais. A amostra, de 801 casos, foi composta por pessoas com idade superior ou igual a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais.

 

Baixe a análise do Indicador de Reserva Financeira no link:

https://www.spcbrasil.org.br/imprensa/indices-economicos 

 

 

Fonte: http://www.cndl.org.br/categoria/geral/

 

Baixe na integra: https://www.spcbrasil.org.br/pesquisas/indice/2546