Deprecated: mysql_connect(): The mysql extension is deprecated and will be removed in the future: use mysqli or PDO instead in /home/cdllinha/public_html/painel/connect.php on line 19
CDL Linhares
Rede de Comunicação de Furtos e Roubos

Entre em contato conosco pelo

formulário ao lado, ou pelos telefones:

 

(27) 3264-5050

 

Cadastro à Rede de Comunicação de Furtos e Roubos

Entre em contato conosco pelo

formulário ao lado, ou pelos telefones:

 

(27) 3264-5050

Agenda ver tudo
Últimas Notícias ver tudo

30/07/2020 - Micro e pequenas empresas inadimplentes com o Simples Nacional não serão excluídas do regime especial em 2020

As micro e pequenas empresas inadimplentes com o Simples Nacional não serão excluídas do regime especial em 2020, informou ontem (27) a Receita Federal. O Fisco atendeu a pedido do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e decidiu suspender o processo de notificação e de expulsão do regime como forma de ajudar os pequenos negócios afetados pela pandemia do novo coronavírus.

 

De acordo com o Sebrae, a manutenção das empresas no Simples Nacional, regime que unifica a cobrança de tributos federais, estaduais e municipais num único boleto, representa uma ação importante para impulsionar a recuperação dos negócios de menor porte, que tiveram prejuízos com a paralisação das atividades.

 

Segundo levantamento do Sebrae e da Fundação Getúlio Vargas (FGV), os pequenos negócios começam a recuperar-se da crise provocada pela pandemia de covid-19. O percentual de perda média do faturamento, que chegou a 70% na primeira semana de abril, estava em 51% na pesquisa mais recente, realizada entre 25 e 30 de junho. Foram ouvidos 6.470 proprietários de negócios em todo o país, entre microempreendedores individuais, micro empresas e empresas de pequeno porte.

 

Fonte: Agência Brasil

 

27/07/2020 - Covid-19: CDL Linhares comemora volta do comércio de segunda a sexta

Entidade também reforça a continuidade dos cuidados com a higiene e o distanciamento social.

 

Por Tatiane Serafim

Assessoria de Comunicação CDL Linhares

 

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Linhares, CDL Linhares, comemorou nesta segunda-feira (27) a volta do funcionamento do comércio local de segunda a sexta-feira, sem necessidade de rodízio dos seguimentos em dias pares e ímpares. A mudança ocorreu depois que o município deixou o grupo de Risco Alto na classificação estadual da transmissão da Covid-19 e retornou ao grupo de Risco Moderado.

 

Dessa forma, as lojas consideradas de consumo não essencial voltaram a funcionar de segunda a sexta-feira de 10h às 16 horas, sem limitação horária de funcionamento para retiradas pelo cliente em área externa do estabelecimento (take away) e para entrega de produtos na modalidade delivery. Porém, aos sábados as lojas continuam fechadas.

 

“Mesmo não sendo nosso horário de funcionamento normal, aplicado antes da pandemia estamos felizes em sair do rodízio e voltar a funcionar cinco dias da semana e ainda trabalhar com o delivery nesses dias. Sem dúvida vai impactar positivamente para os lojistas neste momento, além de manter muitos empregos”, comemora Florises Zardo Salvador, presidente da CDL Linhares. 

 

Florizes ainda espera que esta mudança contribua com a diminuição da aglomeração de pessoas. “Neste período em que funcionamos no sistema de rodízio, a CDL vinha conversando com o poder público e grupos de representação do comércio sobre a aglomeração de pessoas que estava ocorrendo devido à restrição do funcionamento. Então, acreditamos que funcionar de segunda a sexta vai ajudar, inclusive, a diminuir a concentração de pessoas nas ruas”, ressaltou.

 

Quanto às medidas de prevenção à Covid-19, a presidente reforça que todos devem continuar mantendo os cuidados contra o Coronavírus. “Contamos com a colaboração dos lojistas, funcionários e também dos clientes, para que possamos continuar trabalhando e ao mesmo tempo garantindo a saúde de todos. Use máscara, higienize as mãos e só saia de casa se for necessário. Comprar no sistema de delivery ainda é a opção mais segura!”, conclui.

 

BAIXAR DECRETO

 

O que muda

 

Com a vigência da nova matriz de classificação de risco do Governo do Estado do Espírito Santo passando de  “ALTO” para “MODERADO” para a Covid-19 a partir desta segunda-feira (27), a Prefeitura de Linhares, por meio do Decreto 764/2020 do dia 26 de julho de 2020,  apresenta as seguintes regras para o funcionamento de comércio e serviços no município, com base no anúncio do Governo do Estado e alinhada à Portaria 136-R da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa):

1) Linhares  ingressa no risco moderado;

 

2) Comércio poderá funcionar de segunda a sexta-feira de 10h às 16h, (sem a regra de alternância de dias pares e ímpares), mantendo as regras de higiene e afastamento;

 

3) Não é aplicada a limitação horária de funcionamento para retiradas pelo cliente em área externa do estabelecimento (take away) e para entregas de produtos na modalidade delivery;

 

4) Restaurantes e lanchonetes poderão funcionar de segunda à sexta-feira (até as 18h) e aos sábados (até as 16h). O delivery é permitido fora desses horários, inclusive aos domingos;

 

5) Lojas de conveniência poderão vender bebidas alcoólicas de segunda a sexta-feira, de 12h às 18h;

 

6) Consumo presencial em distribuidoras de bebidas continua proibido;

 

7) Bares ainda não podem abrir;

 

8) Academias com área igual ou superior a 75m² (setenta e cinco metros quadrados) não precisarão observar a limitação máxima de 5 (cinco) alunos por horário de agendamento, observando o disposto na Portaria nº 100-R da Secretaria de Estado da Saúde – SESA, de 30 de maio de 2020, bem como nas demais portarias a serem expedidas pela SESA, considerando a necessidade de coordenação integrada e eficaz das medidas de emergência em saúde pública entre o Estado do Espírito Santo e os municípios capixabas;

 

9) O funcionamento de shopping centers será de segunda à sexta-feira, exceto feriados, com funcionamento limitado das 12h às 18h para as lojas de alimentação e das 12h às 20h para as demais lojas, e observará o disposto na Portaria nº 100-R da Secretaria de Estado da Saúde – SESA, de 30 de maio de 2020;

 

10) O funcionamento dos estabelecimentos prestadores de serviços que não estiverem relacionados no Bloco I do Anexo Único deste Decreto, dar-se-á em horário normal, de segunda à sábado.

 

20/07/2020 - NOTA DA PRESIDENTE CDL LINHARES - 18/07/2020

Prezados Senhores Lojistas do Comércio de Linhares,

 

Na qualidade de Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Linhares - CDL Linhares, reforço a necessidade de cumprimento da recomendação feita pelo Ministério Público do Espírito Santo - MPES, no dia 07 de julho de 2020, contida no Procedimento Administrativo MPES nº: 2020.0005.4688-50. 

O MPES recomenda a todos os comerciantes, empresários e lojistas do Município de Linhares que se abstenham de incitar, fomentar e/ou realizar qualquer tipo de aglomeração em desacordo com os Decretos Municipais e Estaduais, sob pena de responsabilização pessoal dos envolvidos na esfera cível, criminal e administrativa.  

Entendemos a frustação e as dificuldades enfrentadas pelos lojistas neste momento, no entanto, a atuação da CDL Linhares sempre esteve e estará pautada na legalidade, com o cumprimento irrestrito das leis e normas, e neste sentido tem sido as recomendações aos nossos associados.

Nossa luta tem sido no sentido de articular junto ao Poder Público alternativas para o funcionamento do comércio nesse período de Pandemia considerando a realidade local, mas não se esquece da necessidade de cumprimento das normas publicadas.

A CDL não participa, incentiva ou fomenta nenhum ato ou manifestação que resulte em aglomeração de pessoas, pois, enquanto diretoria, temos consciência da necessidade de distanciamento social, sendo que, qualquer manifestação que tenha o ocorrido ou que venha ocorrer na cidade Linhares consiste ato isolado de pessoas que assumem a responsabilidade de suas ações individuais.

 

Atenciosamente, 

 

Florises Zardo Salvador – presidente da CDL Linhares

15/07/2020 - Governo permite recontratar funcionários em menos de 90 dias durante a pandemia

O Ministério da Economia publicou nesta terça-feira a portaria 16.655, permitindo às empresas recontratarem trabalhadores em prazo inferior a 90 dias durante a vigência da calamidade pública, que se encerra em 31 de dezembro. 

A citada Portaria dispõe que, durante o estado de calamidade, a recontratação de trabalhador demitido sem justa causa, dentro dos noventa dias subsequentes à data em que formalmente a rescisão se operou, não se presumirá fraudulenta, desde que mantidos os mesmos termos do contrato rescindido.

Ainda, a recontratação em termos diversos do contrato rescindido somente poderá ocorrer quando houver previsão nesse sentido em instrumento decorrente de negociação coletiva.

BAIXAR PORTARIA